- by Ronaldo Testa

Julia Cury

Filha única (mas não mimada), ariana, não que queira mandar em tudo, mas a ultima palavra é sempre minha. Meu…

Julia Cury

Julia Cury

Julia CuryFilha única (mas não mimada), ariana, não que queira mandar em tudo, mas a ultima palavra é sempre minha.
Meu eterno desafio: dominar enquanto desejo ser dominada
O que adoro: vencer um desafio e proteger quem amo
Fanática por anos 80, indie e remix de musicas variadas.
O que mais gosto de fazer todos os dias e não me cansa: pesquisar musicas na internet e ir atrás de novas versões.
Amo a noite e suas loucuras, sempre na companhia do meu noivo e nosso vinho.
O gosto pelos anos 80, 90 veio do meu pai, quando colocava na sala para descontrair com copo de whisky, pet shop boys, tears for fears, enya, lisa stansfield entre outras. Já minha mãe me mostrou o que é balada romântica, soul, ao som de Barry White, Mario Biondi, Isaac Hayes, Stevie Wonder entre outros.
Sempre decorei com facilidade letras de musicas, como dizia minha mãe se eu decorasse coisas profissionais como decorava musica, seria A empresária.
Comecei sendo a Dj do meu grupo de amigas, com setlist diversificadas e descontraídas para nossos encontros. Quem ia gostando me pedia para eu gravar Cds. Depois me aprimorei e com a evolução da tecnologia decidi fazer playlists em ipods e preenche-los de acordo com o gosto musical do cliente.
Depois de elogios e incentivos de amigos estreei minha profissão em lançamento de coleção de lojas e depois me jogando para chá de cozinha, chá bar e aniversários.
Indispensável no porta-malas: caixinha de som, régua de tomada e minha controladora.
Melhor situação: sozinha no carro a noite com um som que me entusiasme

-

Leave a Comment